DESISTA! ABANDONE! LARGUE! Largue o osso!



Desista, abandone, largue! Largue o osso!


Contrariando tudo o que você ouviu e ainda vai ouvir muito em sua vida para NUNCA DESISTIR, não abandonar, não largar na metade. Eu te digo e afirmo:

DESISTA, ABANDONE, LARGUE. LARGUE O OSSO!


É isso mesmo!


Claro que aqui não estou afirmando para você desistir de você ou da sua vida, do seu negócio, mas tem muitas coisas que você precisa deixar, largar, abandonar ou mesmo desistir para seguir à frente!


Culturalmente fomos criados ouvindo que desistir é feio, abandonar o barco é para os fracos, é vergonhoso e por aí vai. E, talvez por causa disso, perdemos a noção do ponto em que deixamos de ser persistentes para nos tornarmos teimosos.


Persistência não tem nada a ver com teimosia. Desista, não seja teimoso. Tem muita gente perdendo tempo, dinheiro e energia em algo que não dará os frutos esperados (mesmo tendo certeza disso!) por pura teimosia. Não sabem a diferença entre teimosia e persistência.


A persistência é quando você acredita que algo pode dar certo e continua tentando, ora de uma forma ora de outra, ora com uma estratégia ora com outra e assim por diante até conseguir. Aqui indícios de que vale a pena continuar.


Já a teimosia é quando nem você acredita mais que pode dar certo, mas por pura acomodação fica insistindo infinitamente, sempre fazendo da mesma forma. Já aqui, não há indícios de que vale a pena continuar.


Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e

esperar resultados diferentes. Albert Einstein

É claro que cabe a cada qual parar e analisar profundamente o que é de fato importante em sua vida, para saber se é o momento de continuar tentando ou simplesmente desistir, abandonar, “largar o osso”, mas buscar outra rota.


Vejo muitas pessoas emperradas em projetos sem a menor possibilidade de êxito, declaradamente fracassados (os projetos): são negócios, empresas, empregos, relacionamentos, sociedades, parcerias, cursos, amizades, etc., esperando que tudo possa piorar ainda mais para chegar ao ponto de não terem alternativa, senão mudar ou morrer (que também é uma mudança).


Desista, abandone, largue de vez tudo que não lhe faz bem!


E a pergunta que não quer calar: por que essas pessoas não tomam a decisão de desistir, de abandonar ou largar esses “projetos” fracassados?


Porque desistir, abandonar ou largar é feio. É vexatório. Uma vergonha! É o que a grande maioria das pessoas tem incutido em suas mentes, principalmente, que, se desistir uma vez, em qualquer coisa que seja, será um fracassado e não conseguirá mais nada nesta vida! Olha o absurdo de crença limitante que você está criando ao aceitar isto como verdade!


É o medo do novo, de mudar, de recomeçar do zero, de experimentar o diferente que gera a acomodação e é ela que faz com que não saia do padrão que criou para si mesmo.


Então, analise profundamente se você está sabendo distinguir a perseverança da teimosia. Considere duas alternativas:


1ª – Se esse projeto é o sonho da sua vida e tem certeza que não vai aguentar viver sem ter feito isso, tem mais é que continuar e, lembre-se, você pode buscar ajuda e criar estratégias e formas diferentes para conseguir.


2ª – Agora, se você está fazendo no automático, acomodado, com medo da mudança, a pesar de já ter percebido que o seu projeto está longe de dar os frutos esperados, talvez seja o momento de repensar e mudar. Volto a insistir, desista, abandone, largue.


É claro que mudar, desistir, abandonar, largar não é fácil, mas faz um bem enorme e você ainda vai lamentar ter ficado tanto tempo agarrado em algo que não lhe agrega valor algum.


"A cada escolha, uma renúncia!

A sensibilidade é sua, portanto..."


Permita-se desistir.


E você? Do que precisa DESISTIR em sua vida?

DESISTA, LARGUE, ABANDONE! LARGUE O OSSO!

Existem várias técnicas de PNL (Programação Neurolinguística) que podem auxiliá-lo no processo de mudança, mas vou lhe indicar uma que é bem simples e fácil de aplicar, caso você se encontre na alternativa 2:


Técnica: DO DIFERENTE


Para dar o primeiro passo de uma grande mudança, comece a listar tudo o que faz em sua rotina diária, da hora que acorda até a hora que vai se deitar, liste tudo, para não cair no erro de reforçar essas ações e comece a fazer tudo diferentemente do que vinha fazendo:

- crie um ritual novo ao acordar,

- tome um café diferente,

- faça um trajeto diferente para o trabalho,

- almoce num restaurante diferente,

- numa lanchonete diferente,

- faça um curso diferente,

- vá em um evento diferente,

- tente um relacionamento diferente,

- trate as pessoas do seu convívio de forma diferente (mais agradável e gentil possível), etc.


Quanto mais “diferente” você começar a ser, menor será o medo de mudar. Inicie a mudança gradativamente com as pequenas coisas, e você terá a coragem de mudar as grandes coisas da sua vida.


Coragem para fazer o “Diferente”! Se não agora, quando?


Pode, inclusive, enviar esse artigo para uma pessoa diferente. Que tal?

Esteja em PAZ!

Prof. JB

_______________________________________________________________

Prof. JB – Palestrante, Autor e Escritor, Coach, Consultor Organizacional, Instrutor de treinamentos, Empresário e professor de Pós-graduação/MBAs nas áreas de marketing e vendas - palestrantejb.com.br – 31-99122-7438

116 visualizações

SIGA-ME AS REDES SOCIAIS

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram
  • YouTube Social  Icon

CONTRATE AS PALESTRAS DO PALESTRANTE PROF. JB

E ENCANTE SEUS CONVIDADOS !

31- 99122-7438

palestranteprofjb@gmail.com